Logo2.JPG
Logos ler+.JPG

Um Outro Olhar 

Nº 2

Outros textos:

Este é o segundo texto que partilhamos no âmbito deste projeto:

 

 

Paulo Coelho é um dos meus escritores preferidos. Nasceu a 24 de agosto de 1947, é de nacionalidade brasileira mas  vive em Genebra, na Suíça, desde 2007.

Nascido numa família de classe alta, aos sete anos, entra no colégio Santo Inácio, no Rio de Janeiro, onde participou em concursos de poesia e cursos de teatro.

Consta-se que Paulo Coelho tinha brigas com os pais devido ao seu gosto pela escrita. O pai queria que ele fosse engenheiro, mas este contrariava-o, talvez por isso, teve muitas crises de depressões na adolescência, tendo sido internado três vezes em clínicas de repouso, onde foi tratado por psicólogos.

Profissionalmente, na década de 1960, entrou para o mundo do teatro como diretor e ator, além disso, exerceu também a função de jornalista em publicações alternativas com as revistas “A Pomba” e “2001”. Também compôs para diversos intérpretes tais como Elis Regina, Rita Lee, entre outros.

A edição do seu primeiro livro, em 1982, Arquivos do Inferno, não teve a repercussão desejada. Católico não praticante, em 1986, Paulo Coelho fez a viagem de peregrinação pelo Caminho de Santiago. Percorreu quase 800 quilómetros desde o Sul de França até à cidade de Santiago de Compostela, na Galiza, experiência de que lhe permitiu observar detalhes importantes para o seu livro O Diário de um Mago, editado em 1987.

Em 1988, publicou O Alquimista, que se veio a transformar num dos livros brasileiros mais vendidos. Esta obra é um dos mais importantes fenómenos literários do século XX, chegou ao primeiro lugar da lista dos mais vendidos em 18 países. Já vendeu até ao momento 83 milhões de exemplares.

O Guinness Book of Records coloca-o como o autor vivo mais traduzido da história, pois  as suas obras foram  traduzidas para 81 idiomas. É considerado o autor, em língua portuguesa,  mais vendido de todos os tempos.

Em setembro de 2007, a ONU galardoou o escritor pelo seu novo romance,  Mensageiro de Paz, durante a cerimónia de comemoração do Dia Internacional da Paz, em Nova Iorque”.

Texto adaptado, Consultado em 11/12/2018, In https://pt.wikipedia.org/wiki/Paulo_Coelho

De facto, o Alquimista, foi sem dúvida um livro que me marcou muito, num determinado

momento da minha vida, inclusivamente, até tatuei a expressão árabe “Maktub” utilizada

nesse livro, que significa “tinha de acontecer” ou “o que está escrito”.Este livro narra a

história de um jovem que se chama Santiago, um pastor de ovelhas que tem capacidades

imaginárias. Numa noite, ele sonhou com um tesouro escondido nas pirâmides de Egipto.

Ao princípio, Santiago ignorou o sonho, até que encontrou o velho rei, na cidade de Tarifa,

o qual lhe disse para ele seguir o seu sonho. Então, Santiago vende tudo o que tem e vai

à procura do seu tesouro.

 Viajou para Tânger, onde, por causa da sua ingenuidade, foi roubado. Depois disso, ele

arranjou um emprego numa loja de cristais, onde conseguiu juntar algum dinheiro para

continuar  a sua jornada pelo deserto à procura do seu tesouro. Ao chegar ao Oásis, conheceu Fátima, por quem se apaixonou. Nessa altura, conhece também um alquimista que o ajudou a encontrar aquilo que tanto procurava.

A história acaba por nos revelar que o tesouro está onde estiver o nosso coração e o tesouro era a jornada feita no interior de si próprio, as descobertas feitas e a sabedoria adquirida.

Com este livro, Paulo Coelho mostra que o verdadeiro sentido da alquimia não é aquele que transforma o metal em ouro, mas sim aquele que nos leva ao coração e à razão. Também nos mostra a importância de estarmos atentos aos sinais.

Esta obra foi muito importante para mim pois, como já referi anteriormente, até me levou a tatuar no meu corpo uma expressão escrita no livro, que tanto significado tem para mim. Serviu-me de autoajuda numa fase da minha vinha em que me sentia perdida e sem rumo, ajudou-me a ultrapassar os problemas e a ver a vida noutra perspetiva. Ensinou-me a lutar por aquilo que quero e a não pensar que não vou conseguir.

 

 Seguidamente, apresento alguns excertos retirados do livro O Alquimista, os quais  de    alguma forma   me marcaram pela  mensagem  que passam  e, por isso, os   considerei importantes na caminhada desta leitura.

 

“Temos que estar sempre preparados para as surpresas do tempo.”

“É justamente a possibilidade de realizar um sonho que torna a vida interessante.”

 

“… Porque todas as pessoas têm uma noção exata de como devemos viver nossa vida. E nunca têm noção de como devem viver a própria vida.” 

“… É aquilo que sempre desejou fazer. Todas as pessoas, no começo da juventude, sabem qual é sua Lenda Pessoal. Nessa época, tudo é claro, tudo é possível, e elas não têm medo de sonhar e desejar tudo aquilo que gostariam de fazer na vida. Entretanto, á medida que o tempo vai passando, uma misteriosa força começa a tentar provar que é impossível realizar a Lenda Pessoal.”

 

“… São as forças que parecem ruins, mas na verdade estão ensinando a você como realizar sua Lenda Pessoal. Estão preparando seu espírito e sua vontade, porque existe uma grande verdade neste planeta: seja você quem for ou o que faça, quando quer com vontade alguma coisa, é porque esse desejo nasceu na alma do universo. É sua missão na terra.”

 

“As pessoas aprendem muito cedo sua razão de viver. Talvez seja por isso que elas desistem tão cedo também. Mas assim é o mundo.”

 

“Se você sair prometendo o que ainda não tem, vai perder a vontade de consegui-lo.”

 

“… para ela todos os dias eram iguais, e quando todos os dias ficam iguais é porque as pessoas deixaram de perceber as coisas boas que aparecem em suas vidas sempre que o sol cruza o céu.”

 

“… Para chegar até ele você terá de seguir os sinais. Deus escreveu no mundo o caminho que cada homem deve seguir. É só ler o que ele escreveu para você.”

 

“… procure sempre tomar suas decisões.”

 

“Se Deus conduz tão bem as ovelhas, também conduzirá o homem.”

 

“… porque ás vezes as coisas mudam na vida no espaço de um simples grito, antes que as pessoas possam se acostumar com elas.”

 

“Sou como todas as pessoas: vejo o mundo da maneira que desejava que as coisas acontecessem, e não da maneira que as coisas acontecem.”

 

“… Sentiu também que podia olhar o mundo como uma pobre vítima de um ladrão ou como um aventureiro em busca de um tesouro.”

 

“Não tinha um centavo no bolso, mas tinha fé na vida. Havia escolhido, na noite anterior, ser um aventureiro igual aos personagens dos livros que costumava ler.”

 

“Nem todos podem ver os sonhos da mesma maneira.”

 

“… Era a linguagem do entusiasmo, das coisas feitas com amor e com vontade, em busca de algo que se desejava ou em que se acreditava.”

 

 “Ainda estava em dúvida quanto á sua decisão, mas percebia uma coisa importante: as decisões eram apenas o começo de alguma coisa. Quando alguém tomava uma decisão, na verdade estava mergulhando numa correnteza poderosa, que levava a pessoa para um lugar que jamais havia sonhado na hora de decidir.”

 

 “… ninguém sente medo do desconhecido, porque qualquer pessoa é capaz de conquistar tudo o que quer e necessita. Só sentimos medo de perder aquilo que temos… Mas esse medo passa quando entendemos que nossa história e a história do mundo foram escritas pela mesma mão.”

 

“Quando você deseja algo de todo o seu coração, você está mais próximo da Alma do Mundo. Ela é sempre uma força positiva.”

 

“… Porque não vivo nem no meu passado, nem no meu futuro. Tenho apenas o presente, e ele é o que me interessa. Se você puder permanecer sempre no presente, então será um homem feliz… A vida será uma festa, um grande festival, porque ela é sempre e apenas o momento que estamos vivendo.”

 

“O que funcionava, sabia ele, era o teste da persistência e da coragem de quem busca sua lenda pessoal. Por isso ele não podia ficar impaciente. Se agisse assim, ia terminar sem ver os sinais que Deus havia posto no seu caminho.”

 

“… ele entendeu a parte mais importante e mais sábia da linguagem que o mundo falava e que todas as pessoas na terra eram capazes de entender em seus corações. E isto era chamado de Amor, uma coisa mais antiga que os homens e que o próprio deserto, e que, no entanto, ressurgia sempre com a mesma força onde quer que dois pares de olhos se cruzassem.”

 

“Porque o futuro pertence a Deus e Ele só o revela em circunstâncias extraordinárias. E como consigo adivinhar meu futuro? Pelos sinais do presente. No presente é que está o segredo; se você prestar atenção ao presente, poderá melhorá-lo. E se você melhorar o presente, o que acontecerá depois também será melhor. Esqueço o futuro e viva cada dia de sua vida nos ensinamentos da Lei e na confiança de que Deus cuida dos seus filhos. Cada dia traz em si a Eternidade.”

 

“… Quando Ele mesmo o mostra. E Deus mostra o futuro raramente e por uma única razão: é um futuro que foi escrito para ser mudado.”

“Ama-se porque se ama. Não há qualquer razão para amar.”

 

“Escute seu coração. Ele conhece todas as coisas, porque veio da Alma do mundo e um dia retornará para ela.”

 

“… Ninguém consegue fugir do seu coração. Por isso é melhor escutar o que ele diz. Para que jamais venha um golpe que você não espera.”

 

“… Disse que todo homem feliz era um homem que trazia Deus dentro de si.”

 

“Sempre antes de realizar um sonho, a Alma do mundo resolve testar tudo aquilo que foi aprendido durante a caminhada. Ela faz isso não porque seja má, mas para que possamos, junto com o nosso sonho, conquistar também as lições que aprendemos seguindo em direção a ele. É o momento em que a maior parte das pessoas desiste…”

 

“Uma busca começa sempre com a sorte de principiante. E termina sempre com a prova do conquistador.”

 

“Quem interfere na lenda pessoal dos outros nunca descobrirá a sua.”

 

“Só uma coisa torna um sonho impossível: o medo de fracassar.”

 

“… quando buscamos ser melhores do que somos, tudo em volta se torna melhor também.” 

 

“Somos nós que alimentamos a alma do mundo, a terra onde vivemos será melhor ou pior se formos melhores ou piores. Aí que entra a força do amor, porque, quando amamos, sempre desejamos ser melhores do que somos.”

 

“Tudo o que acontece uma vez, pode nunca mais acontecer. Mas tudo o que acontece duas vezes, acontecerá certamente uma terceira.”

 

Sónia Rodrigues

(Candidata certificada em Processo RVCC-NS)

Livro_O_Alquimista.JPG

Publicado a 26.02.2019

Logo.JPG